infinito

 Duas meninas partiram para um sítio onde não sabiam o que poderia acontecer. Esperavam dias longos onde o tempo demorava uma eternidade a passar onde a companhia de ambas era a única certeza. Apesar de sozinhas num sitio não completamente conhecido viveram momentos onde sentiram que a amizade, aquela amizade, era forte.. realmente forte! Num dia de nevoeiro onde o sol se escondia de tudo, cruzaram se com algo que iria acabar por tornar aquelas férias, nas melhores ferias das suas vidas. Quatro pessoas, quatro sítios e um sentimento enorme de que algo estava completo! Pode-se dizer que nesses dias ocorreu uma mistura de emoções, desde felicidade á tristeza, da incerteza á certeza, da união á distância.
A primeira vez que para alguns foi o concretizar de coisas já á muito desejadas, como uma simples ida á praia á noite, correr, abraçar, sorrir.. como uma simples companhia numa noite de verão com os melhores gestos de proteção.
Os momentos passam e o desejo é de clicar num botão onde permita o tempo voltar atras, aquilo que elas mais desejavam. Cada música parecia recordar cada momento, um olhar, um sorriso ou ate mesmo uma palavra! A despedida como sempre era aquilo que mais tempo se desejava que demorasse a chegar, por outro lado a que mais iria doer!
Na dita despedida com gestos deles, choro delas, e palavras de ambos foi sem dúvida uma das piores sensações e que porventura mais custou! Deixar para trás um sítio que ganhou um novo significado, que será certamente sempre recordado, que permitiu que vivessem os melhores momentos.
De regresso a Guimarães a musica e as mãos dadas eram a única certeza naquele momento afirmado como “saído de um funeral”. Um novo começo se afirmava vir, novas rotinas, novos projetos e uma única recordação.
Um dia elas talvez voltarão para aquele sítio, e eles? Eles nada pode-se dizer.. apenas agradecer.  Será sempre aquele sitio, o sitio DELES !

Obrigado por tudo !

Até para o ano A...... !



6 comentários:

Past or Present